Mensagem Pastoral

CUIDADO COM OS SEUS INTERESSES!

06 Jan 2019Pr. Hércio Fônseca

“Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos.”
(Filipenses 2.3)

É impressionante como as nossas motivações estão ligadas aos nossos interesses. Se desejamos algo para a nossa vida, certamente aquilo que desejamos terá o nosso maior interesse, vai ser o motor dos nossos projetos, planos e sonhos. 

A sociedade dos nossos dias tem-se destacado, negativamente, pelo egoísmo, pelo individualismo e pela mesquinhez. Essa é uma geração marcada pelos interesses pessoais. Somos estimulados a olhar, apenas, para as nossas necessidades em detrimento dos que estão ao nosso redor. É uma pena, mas não estamos nos importando com quem possa ser prejudicado, desde que saiamos ganhando. 

Esse sentimento não se restringe ao campo dos negócios profissionais. Temos testemunhado a igreja de Cristo sendo tomada por esse tipo de comportamento. Não são poucas as vezes que nos deparamos com pessoas que confessam amar a Deus, mas que tentam tirar proveito da fé que professam em benefício pessoal. 

Olhando essa realidade, ficamos imaginando: Onde vamos chegar? Será que não está na hora de reavaliarmos a conduta cristã observando o que nos ensinam as Escrituras Sagradas? A Bíblia nos revela: “Porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração”. (Mateus 6.21). 

O Senhor Jesus ensinou a seus discípulos que onde estivessem as riquezas do homem, ali também estaria o seu coração. Presenciamos muitas pessoas que dizem ser capazes de dar suas vidas em favor do testemunho que prestam a Deus a respeito de Jesus Cristo. Contudo, estão trocando esse privilégio por qualquer tipo de beneficio que possam receber. 

Não quero, de forma alguma, lançar dúvida em sua vida sobre seu amor por Cristo. Mas, uma pergunta preciso fazer: Onde está o seu coração? Será que realmente temos o nosso coração em Deus e em sua obra ou estamos sempre preocupados com os nossos interesses, desejos e vantagens? 

Quantas pessoas hoje estão mais preocupadas com as suas conquistas pessoais do que com a sua relação com Deus. Esquecem que servimos a um Deus que conhece as intenções mais íntimas do nosso coração, e que sabe muito bem se estamos nos aproximando d’Ele para servi-lo de coração ou para termos regalias. 

É lastimável, mas, muitas vezes, os nossos interesses e motivações vão de encontro à verdade de Deus. Se formos honestos, vamos observar o quanto temos sido egoístas em nossas atitudes, até mesmo dentro da igreja. Precisamos parar de hipocrisia e avaliarmos o que, na verdade, tem nos aproximado de Deus. Devemos adorá-lo, não porque desejamos que Ele nos presenteie com o que desejamos, mas porque Ele é Deus. Que os nossos interesses sejam direcionados pelo Pai, e que possamos fazer do Senhor a nossa maior motivação.

Voltar