Mensagem Pastoral

CAMINHANDO PARA A MATURIDADE

28 Abr 2019Pr. Hércio Fônseca

“Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino.”
(1 Coríntios 13.11)

Naturalmente, temos um grau de cobrança bem elevado para quem se converte a Jesus Cristo. A verdade é que à medida que alguém conhece a Palavra, imediatamente, esperamos mudanças radicais em suas vidas. O que vemos é que muitos imaginam que, quando nos tornamos cristãos, nós damos um pulo gigante: deixamos de ser uma pessoa para ser radicalmente outra.

A verdade é que aos olhos de Deus, mudamos imediatamente do “velho homem” para o “novo homem”, como a bíblia nos revela, passamos a ser novas criaturas. Contudo, não podemos nos enganar que, para alcançarmos a estatura de Cristo, demanda tempo, dedicação e uma longa caminhada com o Senhor.

Precisamos saber que a maturidade cristã é construída dia após dia. Ninguém nasce adulto. Ninguém nasce maduro. A maturidade é um processo que precisa ser vivido de maneira crescente, com sabedoria e cautela, para não machucarmos e nem sermos machucados.

Alguém, certa vez, perguntou a um ancião em uma pequena cidade: “Já nasceu algum homem famoso, importante e influente nesta cidade?”. O ancião, refletindo na pergunta, sabiamente respondeu: “Não, senhor, aqui só nascem crianças”.

Geralmente, a Bíblia associa maturidade à caminhada. Não podemos cobrar maturidade de quem não teve experiências na vida cristã. Devemos ter sabedoria para, em lugar de julgar e condenar as pessoas, estender a mão e direcioná-las pelo caminho certo. Muitos estão entrando na igreja precisando do nosso auxílio, ajuda e maturidade para progredir na caminhada com Deus.

Precisamos ensinar aqueles que estão chegando a dar um passo de cada vez. Esses pequenos passos podem parecer pouco, mas, quando olhamos para trás, vemos um grande caminho percorrido, vemos progresso, muito progresso! O Apóstolo Paulo chama esse caminho de transformação. E nós não estamos sozinhos para que isso aconteça em nossa vidas, o Espírito Santo nos habilita para vivermos essa realidade e podermos ajudar aqueles que desejam crescer na caminhada com Deus.

Paulo nos advertiu com sabedoria quando nos falou em 2 Coríntios 3.17-18: “Ora, o Senhor é o Espírito e, onde está o Espírito do Senhor, ali há liberdade. E todos nós, que com a face descoberta contemplamos a glória do Senhor, segundo a sua imagem estamos sendo transformados com glória cada vez maior, a qual vem do Senhor, que é o Espírito”.

A maturidade cristã é alcançada paulatinamente, passo a passo, tomando as atitudes necessárias para progredir. Deus espera mudanças em nossas vidas e quer que saibamos que todas as mudanças só são possíveis pela Sua intervenção. É o próprio Deus quem nos promete amparo e força para alcançarmos a maturidade cristã, cumprindo a nossa missão como servos de Deus.

Voltar