Mensagem Pastoral

DEUS É A FORÇA DO MEU CORAÇÃO

09 Dez 2018Pr. Hércio Fônseca

“O meu corpo e o meu coração poderão fraquejar, mas Deus é a força do meu coração e a minha herança para sempre.”
(Salmos 73.26)

Geralmente, quando estamos chegando aos últimos dias do ano, nos sentimos cansados e sobrecarregados. As constantes cobranças, as metas que traçamos para cumprir e até mesmo as exigências da sociedade geram em nós esse sentimento de que precisamos terminar o ano com as situações da vida organizadas.

Estamos vivendo um tempo de muitas cobranças, a cada dia somos mais exigentes com os nossos desejos e objetivos. Com isso, temos produzido um povo cansado, estressado e sobrecarregado.  Estamos sempre na correria e na fadiga por cumprir alguma meta. Encontramos muitas pessoas, no caminho da vida, com os semblantes marcados pelo cansaço e pela fadiga.

Nós bem sabemos que viver, em nosso tempo, é perigoso. A vida tem seus altos e baixos e, além da dificuldade de saber administrar os nossos desafios e conflitos, falta a cada um a força e a competência de encontrar as saídas para seguir em frente. Os obstáculos se multiplicam a cada dia. A vida é contingente: cheia de imprevistos e surpresas, boas e ruins.

Como se não bastassem todas as dificuldades que enfrentamos no nosso dia a dia, com os nossos relacionamentos familiares e profissionais, sabemos que a vida não para. Temos contas a pagar, precisamos acompanhar a vida escolar dos nossos filhos, temos os compromissos sociais a cumprir, enfrentamos o trânsito e temos que superar as incompreensões dos que nos cercam. A verdade é que a vida não para.

Precisamos viver, não podemos desistir da vida. Mas viver não é sinônimo de facilidades. Não é possível singrar a vida como quem corta os mares. A gente quer ter voz ativa, queremos mandar no nosso destino, em muitos momentos não damos a devida atenção ao que nos ensina o Senhor acerca da vida e por isso acabamos fazendo da vida um fardo pesado.

Embora esse quadro nos atemorize, Jesus não negou as circunstâncias difíceis que iriamos enfrentar, nem iludiu os seus com promessas falsas e fantasiosas, mas apontou uma direção para seguirmos. Apresentou seu Pai aos homens e os homens ao seu Pai. Autorizou todo mundo a buscar o seu Pai nas dificuldades da vida, na certeza de que, n`Ele, encontraríamos forças para continuar a nossa caminhada.

Estamos concluindo mais um ano, certamente, enfrentamos lutas, passamos por provações e vencemos obstáculos. Foram dias em que o cansaço nos abalou e as dificuldades nos ameaçaram, mas, em meio aos desafios que vivemos, sentimos a ação do Senhor nos estimulando a seguir em frente e a acreditar que dias melhores virão, pois o Senhor é a força do nosso coração.

Voltar