Mensagem Pastoral

PORÇÃO DOBRADA

29 Dez 2019Pr. Hércio Fônseca

“E disse Eliseu: Peço-te que haja porção dobrada de teu espírito sobre mim.”
(2 Reis 2.9)

Cremos que Deus tem promessas especiais para as nossas vidas e para a igreja de Cristo na terra. Viver essa verdade é aprender a entender o nosso chamado e a nossa missão onde estivermos. Ser instrumento nas mãos de Deus é descobrir que o Senhor tem planos perfeitos que deseja cumprir para que o Seu nome seja glorificado.

Entender a ação de Deus em nosso favor é nos dispor a seguir os seus propósitos e cumprir a tarefa que foi colocada em nossas mãos. Eliseu, entendeu a profundidade do seu chamado e a necessidade de buscar mais de Deus para a sua vida e para o desempenho do que lhe foi confiado.

Eliseu, verdadeiramente, entendeu  o que Deus tinha para a sua vida e profetizou em um tempo de grande dificuldade. Era um tempo de fome. Foi chamado para o ministério por Elias, quando este lançou seu manto sobre ele. Pediu porção dobrada do Espírito de Elias. Fez o dobro de milagres e viveu experiências indescritíveis com Deus.

Não podemos fechar os olhos para a realidade de um Deus que opera hoje. Não podemos ficar indiferentes ao agir sobrenatural de Deus em nossas vidas. Não podemos ficar de fora do que Deus deseja realizar em nosso tempo e em nossa geração. Temos convicção que o mesmo Deus que atuou na vida de Eliseu continua agindo em todo tempo e em todas as gerações.

Quando olhamos a experiência vivenciada por Eliseu, o nosso coração se alegra e nos sentimos motivados a buscar em Deus as respostas para os desafios e  as dificuldades que vivemos hoje. Sei que as nossas lutas são intensas, vivemos um tempo de incredulidade e frieza espiritual, mas estamos confiantes de que o Deus em que cremos é soberano e age nas nossas impossibilidades.

Nós entendemos que nada que vamos vivenciar no próximo ano pode ser vivido fora da direção, controle e domínio de Deus. Quando nos referimos a porção dobrada do Espírito, entendemos e declaramos a necessidade de buscarmos mais de Deus, da sua Palavra e da sua vontade para cada um, individualmente, e para a nossa igreja como Corpo de Cristo.

Eliseu chegou às margens do Jordão e perguntou: “Onde está o Senhor, Deus de Elias?”. Eliseu perdeu Elias, mas não o Deus de Elias. Nosso Deus não é apenas o Deus que agiu no passado, ele não é apenas o Deus de Elias, mas é, também, o Deus que age agora.

Que Deus mova do nosso coração toda indiferença, apatia e incredulidade e nos leve a um nível mais alto de intimidade, confiança e espiritualidade. Que este seja o ano do mover de Deus e do derramar do Espírito Santo em nossas vidas, fazendo-nos servos fiéis e verdadeiros ao Pai.

Voltar